Como Aplicar

como aplicar water transfer printing

Water Transfer Printing, ou WTP, faz sucesso no mundo da decoração, e não é para menos: trata-se de uma pintura homogênea, perfeita e econômica que visa a pintura por completo do objeto escolhido. Refere-se a arte de pintar o objeto de uma vez só, economizando o que temos de mais valor: tempo.

A economia de dinheiro vem como bônus durante o processo.

Veja neste post como funciona a Pintura Hidrográfica

6 Dicas Infalíveis de Como Aplicar Water Tranfer Printing do Jeito Correto 

Dica n° 1: Prepare a peça

Já observou falhas na pintura de algum objeto que poderiam ter sido evitadas? Isso acontece pela falta de preparo da peça antes da pintura. Em primeiro lugar, o item a ser texturizado deve estar livre de sujeiras, a limpeza é parte essencial do processo de como aplicar water tranfer printing.

Peça limpa, livre de gorduras ou pó, o próximo passo é lixar. Pode ser uma parte laboriosa do processo, mas é primordial. Ao lixar, a peça fica exposta à crueza do material, permitindo a fácil aderência à película para a pintura hidrografica. Mãos na massa!

Dica n° 2: Imersão em água.

A película para pintura hidrográfica deve ser preparada para não “dançar” na água, para aplicação ser perfeita. Uma fita adesiva nas bordas resolve a questão. O tanque utilizado para a imersão do objeto deve ser grande o suficiente para que caiba toda a superfície a ser pintada. A temperatura da água deve oscilar em 25 a 30 graus Célsius. Mergulhe a película no tanque delicadamente, deixando-a descansar por 2 minutos sob a água.

Dica n° 3: Ativação da película

Utilizando um pulverizador ou borrifador, aplique o ativador por cima da película para pintura hidrografica recuando uma distância de 20 cm da superfície. A quantidade deve ser pequena, apenas com o intuito de fixação no objeto. Em 5 segundos a película estará pronta para receber a peça.

Dica n° 4: Hora de mergulhar

O objeto deve ser mergulhado por inteiro na água, vagarosamente. A inclinação deve variar entre 30 a 45° e o material deve imergir de frente. Antes de subir com a peça novamente, retirar todo o excesso de película que sobrou na água.

Dica n° 5: Tirar resíduos

É imprescindível eliminar todos os resíduos de tinta para o acabamento esmerado da peça. A água pode estar em até 180° se o material utilizado tiver matéria-prima resistente. Lave e enxágue a peça, preparando-a para o acabamento.

Dica n° 6: Desfecho

O verniz pode selar o acabamento com louvor ou estragar o laborioso processo do trabalho. Por isso é essencial aplica-lo do jeito correto. Verniz demais pode escorrer, deixando o resultado insatisfatório. Verniz de menos pode deixar marcado e não protege a peça da maneira que deveria. Utilize o verniz respeitando as instruções do rótulo, recuando em 20 centímetros da peça para não marcar, se for spray.

Peças que serão expostas a altas temperaturas podem ser envernizadas com o produto próprio para isso, basta procurar o que mais se encaixa com o resultado final.

Aplicar a técnica do Water Transfer Printing exige paciência e capricho, mas o resultado é satisfação garantida!